quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Restaurantes de BH aderem à moda de descontos


Consumidor ganha, mas os comerciantes não reclamam, já que conseguiram novos clientes e encheram as mesas antes do fim de semana.

Paula Takahashi - Estado de Minas
Publicação: 14/08/2010 07:57 Atualização: 14/08/2010 10:37
Fonte; http://www.uai.com.br/htmls/app/noticia173/2010/08/14/noticia_economia,i=174035/RESTAURANTES+DE+BH+ADEREM+A+MODA+DE+DESCONTOS.shtml
Fernando Júnior, proprietário do Porcão, afirma que os vouchers de desconto são uma forma de divulgar a marca.
Os clubes de desconto em estabelecimentos comerciais da capital estão em alta na internet. Consumidores antenados nas ofertas conseguem redução na conta, que pode ultrapassar os 70%. Nesse universo de quem paga menos, os restaurantes costumam ter os cupons de barganha mais cobiçados. Mas quem acha que o cliente é o único que sai ganhando, se engana.

Os próprios restaurantes estão gostando e aderindo cada vez mais à ideia, seja para atrair novos frequentadores, aumentar a fidelização ou mesmo preencher as mesas vazias nos horários mais ociosos. Para Henrique Diniz Almeida, sócio-proprietário da temakeria Koni Store, a estratégia de dar 50% de desconto no cone japonês todas as segundas-feiras duplicou o faturamento em dia de movimento fraco. “Se antes eu vendia R$ 2 mil neste dia, agora vendo R$ 4 mil. Os custos com a abertura da loja são os mesmos e, atraindo mais clientes, acabei tirando um dia mais vazio que eu tinha”, explica.
Os benefícios para o consumidor não fazem sucesso apenas pela internet. No passaporte gastronômico da agência de viagens Belvitur, que está comemorando a 15ª edição, 29 restaurantes, entre os mais tradicionais e caros da cidade, oferecem o prato principal do acompanhante de graça. Para a churrascaria Porcão, entrar neste grupo foi uma alternativa para mostrar sua nova cara para o mercado. “É uma forma de fazer a divulgação da marca. Quis mostrar que o Porcão mudou, investindo na alimentação e atendimento”, explica o proprietário Fernando Júnior.

Para cada rodízio de R$ 73 pago, um saiu de graça para o cliente com o passaporte. “Somente no mês passado, recebi 620 vouchers de desconto”, calcula Fernando. O restaurante deixou de faturar mais de R$ 45 mil, mas o proprietário garante que os cálculos não são bem esses. “Foram 1.240 refeições servidas, mas acredito que tenha movimentado por volta de 1,5 mil, já que tem mesas que vem com três, quatro pessoas, mas tem apenas um cupom de desconto. Sem contar que se ganha na bebida”, afirma.

Ivo Faria, do Vecchio Sogno: restaurante faz parte do grupo que prestigia o cliente com prato de graça
Essa é a aposta da maioria dos participantes que investem na iniciativa. Com três restaurantes na lista, A Favorita, Splendido e La Victoria, o empresário Fernando Areco, um dos primeiros a aderir à novidade, pretende manter o benefício. “Nosso movimento aumenta de 10 a 20% nos dias de promoção. E tem muito cliente que reverte o desconto do prato em um vinho mais caro ou em uma sobremesa”, afirma. A intenção é manter o benefício. “Acredito que se em certos dias e horários você tem espaço ocioso, ter uma venda a mais, mesmo que seja com desconto e mesmo que às vezes possa não dar lucro, tem a vantagem de encher a casa, o que atrai outros clientes”, avalia Areco. A média de descontos varia de R$ 30 a R$ 80 de acordo com o prato.

Eleito consecutivas vezes o melhor restaurante da capital, o Vecchio Sogno também faz parte do grupo de restaurantes que prestigia o cliente com um prato de graça. Apesar do nome da casa e principalmente de seu chefe, Ivo Faria, serem motivos mais do que suficientes para atrair o público, Ivo, que também é proprietário, garante que conceder desconto é uma boa forma de atrair pessoas que em situações normais não frequentariam a casa. “É uma forma também de mostrar que nosso menu não é tão mais caro do que os outros e nos tornar uma alternativa para as pessoas voltarem em outras ocasiões”, afirma.

Se você ainda não conhece os sites de descontos coletivos,segue uma lista dos que eu conheço e uso;
http://www.groupon.com.br/ (antigo clube urbano)

Se alguém souber de mais outros confiáveis é só enviar.





11 comentários:

Rodrigo Assunção disse...

Tenho comprado no CityBest tb, sem problemas até agora.

http://citybest.com.br/BH

Dany Miranda disse...

Caraca,me esqueci dele .Obrigada!

Ramon disse...

Olá Dany, acompanho muito o seu Blog e acho muito bacana... já peguei muitas dicas aqui e admiro muito a forma imparcial como escreve. Tem um site de compra coletivas novo em BH que eu adoro (nem é pq eu trabalho nele, hehe) é o www.vcvai.com/cupom

Na verdade é um Guia interativo onde as pessoas comentam os lugares que gostam de sair e as experiências que tiveram, assim como podem pesquisar comentários de outros usuário e escolher lugares para sair, assim é o www.vcvai.com

Esse mês iniciamos em BH com a parte de compra coletiva e convidamos você a conhecer... e sabendo também da forma como você escreve bem e conhece bem BH fica o convite para fazer seus comentários no http://www.vcvai.com/belo-horizonte e conferir as ofertas do http://www.vcvai.com/cupom/belo-horizonte Estamos aqui mesmo em BH e tentando trazer um proposta bem bacana.

Abraços,

Ramon

Dany Miranda disse...

Obrigada pela dica Ramom,vou conhecer e depois eu posto aqui tá?
Um abraço
Dany

Vitrine disse...

Olá Dany, tudo bem?
Bem interessante teu blog, parabéns!!

Equipe Guia de Serviços Terra
Guia Online de empresas,produtos e serviços!
@GuiaTerra

Dany Miranda disse...

Obrigada.Sejam bem vindos sempre!Um abraço
Dany

Adriano disse...

Fui ao Porcão essa semana, através de um cupom de compra coletiva.

Ainda não conhecia, apesar de ter escutado que era muito boa.

Fiquei muito decepcionado com o Porcão. O churrasco é ruin. Também, pouca variedade no menu. Carne queimada ou muito crua. Sem tempero.

Pra matar de raiva, de cinco em cinco minutos, num volume fortíssimmo (ou altíssimo, sei lá qual o correto) saía a voz de uma mulher dizendo algo como: "mesa tal, três lugares".

Era tão forte que não escutava a voz de que estava ao meu lado. Parecia que estava na rodoviária escutando aqueles avisos que seu ônibus já está saindo ou num bingo beneficente que a igreja do seu bairro faz. Ridículo!

Nada pessoal. Já fui em churrascarias mais modestas que dão show em qualidade contra ao Porcão BH.

Portanto a dica, cuidado com as compras coletivas. Nem tudo vale a pena. E o mais importante, cuidado com o prazo de vencimento do cupom.

Muito bacana seu Blog. Sucesso e parabéns!

Dany Miranda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dany Miranda disse...

Adriano,
isso me preocupa.Ouvi vários relatos essa semana de restaurantes refinados que aderiam aos descontos,e que no dia a dia houve mudanças de cardápio,de atendimento.Ouvi isso sobre o Porcão,como você também descreve e sobre o Santa Fé que é um lugar que eu gosto muito.Até hoje,eu não tive problemas,mas uso a tática de deixar para ir já depois de pelo menos 1 mês de promoção.
Fato que isso é sério,porque você pode ganhar novos clientes,mas pode espantar os que já são fiéis a casa.
É a velha história;Não sabe brincar,não desce pro play!
Um abraço
Dany

Anônimo disse...

Tem um ditado que diz: " tudo que é barato é ruim e nem tudo que é caro é bom". Acho que o mesmo vale para para estes sites de compras coletivas. Sou proprietário de restaurante e já me ofereceram este tipo de serviço mas fiz as contas e para quem trabalha com qualidade é uma verdadeira roubada! Perde o cliente antigo, perde o novo e perde o restaurante. Advinha quem ganha?

Fabio Santos disse...

Fiquei meio na dúvida na hora de comprar o cupom para descontos em restaurantes em Belo Horizonte.. tinha diversas opções e também achei que estava barato demais, mas mesmo assim comprei e não me arrependi nem um pouco estava tudo muito bom e fui bem atendido. Diante dos coemntários fico feliz de ter tido uma boa experiência